12.29.2008

S. Pedrense 1-1 Graça do Divor

Em jogo a contar para a taça da Fundação Inatel, conseguimos um empate algo sofrido, depois de estarmos a ganhar.
Mais um jogo em que o piso não estava nas melhores condições. A Graça iniciou o jogo com muita vontade de vencer, apresentando um meio campo diferente do nosso último jogo, mais povoado e com muitas movimentações ofensivas, nós fomos defendendo bem e lançando contra-ataques, com o marcador inalteravél ao intervalo, iniciamos a segunda parte mais consistentes no meio campo e num lançe de ataque chegamos ao golo, numa jogada individual de Fernando Lourenço(Braitner), fez o golo do S. Pedrense, logo nos minutos seguintes num lançe bastante ingénuo da nossa parte, um lançamento lateral a nosso favor o defesa alivía a bola caindo num jogador da Graça que passando pelo Alemão faz um exelente cruzamento onde Ricardo Correia não chega e o ponta de lança da Graça na cara do Barbosa faz o empate, no final e com a ajuda das substituições que fizemos criamos ainda algum perigo na defesa adversária mas sem resultados para o marcador.

Equipa; Barbosa, Rato, Alemão, Ricardo Correia e Ricardo Pereira, Jaime Correia, Paulo Cascalho(C), Jorge Correia, Ricardo Magro, Fernando Lourenço e José Gancho

Entraram ainda: José Dionisío para o lugar de José Gancho, Frederico para o lugar do Alemão e Telmo Sequeira para o lugar de Jaime Correia.

Ficaram no banco: José Maria, Miguel Cristo, António Ribeiro e Bruno

Treinador: António Manuel Álvaro

12.21.2008

O Grupo Desportivo S. Pedrense deseja a todos os sócios, simpatizantes e outros um óptimo Natal

12.14.2008

Graça do Divor 1-0 S. Pedrense

Perdemos num terreno impróprio para a prática do futebol.
Num jogo em que no início pensámos "até que enfim que a Fundação INATEL conseguiu árbitros de qualidade", logo nos desiludiu, e voltaram a fazer o mesmo dos outros. No príncipio do jogo o trio de arbitragem começou muito bem, com critéritos iguais para ambas as partes e uma arbitragem de bom nível, só nos admirámos quando a meio da primeira parte não assinala uma grande penalidade a nosso favor, Fialho é claramente derrubado quando desvia a bola dos dois centrais da Graça do Divor dentro da área, os dois fecham e derrubam o nosso avançado, "escandalosamente" o árbitro nada assinala, o resto do jogo até esteve bem, na segunda parte assinala uma grande penalidade a favor da equipa da casa que deu origem ao resultado final, talvez bem assinalada, pena é que continuemos sempre a ser predjudicados com influências nos resultados finais, mas mesmo assim parabéns ao árbitro porque comparado com os restantes esteve bem.
Em relação ao jogo estamos todos de parabéns, tanto nós, como a Graça do Divor, num campo muito difícil onde pensámos que iria existir muito contacto físico, ambas as equipas mostraram que estavam para jogar "bom futebol", jogo sem grandes problemas, com a nossa equipa a dominar a primeira parte, a jogar a favor do vento, ainda tivemos duas ou três boas oportunidades para fazer golo, na segunda parte foi mais dominado pela equipa da casa onde também tiveram duas ou três opurtunidades, assim, como a grande penalidade que não deixaram escapar.
Por isso queremos deixar os "parabéns" à equipa vencedora que mais uma vez teve mais sorte que nós, e as decisões complicadas cairam novamente a favor deles.

Equipa: José Maria, Rato, Alemão, Ricardo Correia e Ricardo Pereira, Jaime Correia, Paulo Cascalho(C), Jorge Correia, Fernando Lourenço, Ricardo Magro e Fialho
Entraram ainda José Gancho para o lugar de Fialho e Sequeira para o lugar de Jaime Correia
Ficaram no banco, Bruno Boieiro, Mário, Miguel Cristo e Frederico
Treinador: António Manuel Àlvaro

12.08.2008

G.D.S. Pedrense 2-1 Monsaraz

Numa tarde muito chuvosa o G.D.S. Pedrense vence no seu terreno a equipa de Monsaraz.
Num inicio de jogo com muita chuva e com o terreno bastante molhado, muito provavelmente fizemos das melhores trocas de bola da época, e não foi por acaso que logo nos primeiros 20 minutos da primeira parte já venciamos por dois a zero, com José Dionisio em grande a fazer os dois golos do S. Pedrense, nos minutos seguintes aos golos Jorge Correia e Ricardo Magro(Tropa) aparecem uma vez cada um em frente ao guarda-redes com possibilidade de fazer golo, Tropa envia para fora e Jorge manda ao poste, logo de seguida ainda José Dionisio com possibilidade de fazer o terceiro mas quando remata para o golo aparece o defesa que corta a bola. Começamo-nos a agarrar à bola e começou a gerer-se alguma confusão, quase a terminar a primeira parte num lançe que era nosso, Alemão em mau entendimento com Ricardo Correia chuta a bola contra o colega e isola o ponta de lança do Monsaraz que ainda com sorte porque a bola pára na água e não chega ao guarda-redes, faz desta forma o golo e reduz a desvantagem.
Na segunda parte entramos ainda com uma enorme vontade de aumentar a vantagem, mas a equipa de Monsaraz, começou a subir no terreno com muitos homens na frente de ataque à procura do golo do empate, e aí nós fomos obrigados a recuar para segurar a vantagem, não arriscando muito porque o desgaste dos nossos médios já era muito, e não podiamos deixar escapar os três pontos, o que tornou o jogo não muito bonito também pelo mau estado do terreno.

Equipa do S. Pedrense: Barbosa, Rato, Alemão, Ricardo Correia e Pingas, Jaime Correia, Paulo Cascalho(C), Jorge Correia, Ricardo Magro, Braitner e José Dionisio.
Treinador: António Manuel Álvaro
Entrou Fialho para o lugar de Jorge Correia, Sequeira para o lugar de Ricardo Magro, Miguel Cristo para o lugar de Braitner e António Ribeiro para o lugar de José Dionisio.
Não chegaram a entrar neste jogo: Bruno Boieiro e Mário Santinhos.

12.01.2008

Informação

O G.D.S.Pedrense informa que os treinos desta semana voltam ao normal, realizando-se à Terça e Quinta-Feira.

Na próxima semana recebemos o Monsaraz no Domingo pelas 15horas.

Resumo do Jogo